Kristen Stewart teve uma experiência assustadora ao canalizar Diana em Spencer

Os gays sempre amaram a princesa Diana, mas Kristen Stewart levou isso a um nível totalmente novo enquanto trabalhava em Spencer .



Stewart, que é abertamente bissexual e atualmente namora o roteirista Dylan Meyer, disse ao Los Angeles Times em uma entrevista na terça-feira que, embora ela nunca tenha experimentado um evento verdadeiramente paranormal, sua interpretação da princesa Di no novo filme Spencer trouxe algumas vibrações estranhas.

Em um ponto da próxima cinebiografia, Di comunga com o fantasma de Ana Bolena, e embora a comunhão do ator com a falecida princesa não tenha chegado naquela nível de ocultismo, Stewart diz que definitivamente sentiu alguns sentimentos espirituais assustadores ao fazer este filme.



Senti que houve momentos em que meio que consegui a aprovação, disse ela ao jornal, explicando que sempre se preocupou em se intrometer na vida de alguém que já se sentia tão invadido, mas que não está mais vivo para contar sua história.



Eu nunca quis sentir como se estivéssemos invadindo alguma coisa, acrescentou o ator, apenas que estávamos meio que aumentando a multiplicidade de uma coisa bonita.

Quando perguntada se ela já sentiu que Diana estava com ela durante as filmagens, Stewart respondeu: Ela se sentiu tão viva para mim, mesmo que seja tudo entre as orelhas e tenha sido apenas uma fantasia minha.

Ainda assim, mesmo que Stewart não estivesse tendo uma experiência sobrenatural durante as filmagens, parece bastante intenso. Quando forçada a lidar com as trágicas circunstâncias da morte de Diana naquele infame acidente de carro em 1997, Stewart disse que iria desmoronar completamente com o fato de ter morrido.

Eu simplesmente não conseguia aceitar isso, ela disse, porque eu estava lutando para mantê-la viva todos os dias.



E isso por si só parecia espiritual, Stewart continuou, acrescentando: [H]havia momentos em que eu ficava tipo, ‘Oh, Deus’, quase como se ela estivesse, você sabe, tentando romper. Foi estranho. E incrível. Nunca senti nada parecido na minha vida.

imagem do artigo Kristen Stewart surpreende como Princesa Diana em Spencer Espiada Nosso longo pesadelo nacional está quase no fim: Lady Di de K-Stew estará aqui em breve. Ver história

Spencer estreou no Festival de Cinema de Veneza na semana passada e exibido no Festival de Cinema de Telluride. O filme ganhou críticas principalmente positivas até agora, com grande parte dos elogios reservados para o desempenho de Stewart, que já está atraindo o burburinho do Oscar. UMA atual líder em sua categoria, Stewart poderia se juntar Silêncio dos Inocentes Jodie Foster como a única mulher LGBTQ+ a ganhar um Oscar de Melhor Atriz.

Evitando o formato biográfico tradicional, Spencer em vez disso, dramatiza três dias na vida da muito amada princesa de Gales, passados ​​na propriedade de Sandringham que antecederam seu divórcio do príncipe Charles. Em meio à fachada perfeita da vida real, Spencer retrata a turbulência psicológica de Diana e as tensões de ser a mulher mais fotografada do mundo.

O teaser trailer, lançado no mês passado com uma resposta arrebatadora nas mídias sociais, mostra a Diana de Stewart tentando se impedir de se desvendar, tendo como cenário uma arrepiante interpretação coral de Perfect Day de Lou Reed.

É sempre uma escolha controversa ficcionalizar eventos na vida de uma pessoa real, quanto mais uma das pessoas mais lamentadas da história moderna. Mas a intensa empatia de Stewart por seu tema e o talento do diretor Pablo Larraín para o dramático indicam que Spencer poderia, de fato, ser algo especial, e certamente não para quem quer sair do teatro com os olhos secos.



Spencer estreia nos cinemas em 5 de novembro.